O CREF11/MS realizou nesta quinta-feira (01), uma varredura nas redes sociais, por meio da Fiscalização, para combater o exercício ilegal da profissão. Foram identificados diversos perfis de pessoas se passando por profissionais de Educação Física.

O exercício ilegal da profissão é contravenção penal, conforme consta no artigo 47 do Código Penal. Os casos identificados pelo CREF11/MS serão encaminhados para as autoridades competentes.

O CREF11/MS alerta que ofertar, de forma ilegal, o exercício da profissão nas redes sociais também enquadra-se como contravenção penal. No caso das academias que permitem que esse exercício ilegal aconteça dentro do estabelecimento, serão autuadas com multas que chegam a mais de 10 mil reais.

O Conselho ainda destaca que antes de contratar o serviço de uma pessoa, é importante verificar se é um profissional formado e registrado no CREF11/MS.

Além dos integrantes da Fiscalização, também participaram, o vice-presidente do CREF11/MS, Joni Guimarães, e o presidente da Comissão de Fiscalização do Conselho, o Conselheiro Ben-Hur Mazzoni Laprano.

“Foram encontrados vários falsos profissionais que postam diariamente, produzindo provas contra si mesmos”, explica o vice-presidente, Joni Guimarães.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *